Por que escolher um arquiteto para sua construção ou reforma?

A importância de que o profissional seja formado não tem relação apenas com a questão estética, mas principalmente com a eficiência e segurança do projeto.

Durante o planejamento de uma construção ou da reformulação de ambientes, o primeiro passo é a escolha do profissional para a criação, execução e acompanhamento de um projeto arquitetônico. Entre as dúvidas iniciais, uma que pode surgir é sobre a necessidade de contratação de um arquiteto formado e registrado no Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU).

projetos-arquitetônicos-mudei-meu-espaço

Imagem: Fumec


Será que é realmente necessário que o profissional seja graduado, com especialização e já com exemplos de projetos anteriores similares ao pretendido pelos clientes? A resposta é: sim. Para um trabalho eficiente, seguro, de acordo com os objetivos dos moradores e até mesmo mais econômico, é fundamental a contratação de um arquiteto ou urbanista formado.

Por isso separamos algumas razões para a escolha de um profissional registrado e especialista:

1) Formação Técnica

A formação de um arquiteto é bastante abrangente, o que permite que o graduado tenha os conhecimentos técnicos para diferentes etapas, desde a idealização do projeto junto com o cliente, até as diferentes etapas no planejamento conforme as exigências legais para a devida instalação e de acordo com as especificações técnicas que devem ser consideradas para a segurança da construção ou reformulação das estruturas.

2) Eficiência operacional      

Quando se trata da contratação de serviços especializados, a tentativa de economizar não é sempre a mais viável, até porque o trabalho de um arquiteto tem um retorno imediato e uma recompensa que dura por um longo prazo. Um trabalho com segurança e bem feito, do início ao fim, diminui as chances de ser necessário refazer em pouco tempo as reformas e obras na construção.

arquitetos-mudei-meu-espaço-1

Imagem: Unipê


3) Na hora da compra dos materiais 

O arquiteto auxilia tanto no momento da compra dos materiais, evitando que aconteçam desperdícios e compra de materiais indevidos, com a escolha de materiais conforme o projeto e o orçamento, e pensando tanto no ponto de vista técnico como estético, além de gerenciar a relação entre os clientes e os fornecedores da obra.

4) Gama de serviços

O arquiteto, além de ser o responsável pelo projeto arquitetônico e acompanhamento da compra de materiais, também pode coordenar projetos complementares necessários na construção. Também é fundamental sua atuação no aprimoramento das soluções na casa, com alternativas sustentáveis e tecnológicas, cada vez mais comuns nas novas construções e na reformulação das antigas, com um trabalho conjunto com outros profissionais, como os engenheiros.

projeto-mudei-meu-espaço

Imagem: Blog Curriculum


5) Aspectos Legais

E se os motivos anterior não convenceram ainda sobre a contratação de um arquiteto, as sanções legais ao proprietário que não tenha o respaldo de um profissional para eventuais sinistros são boas razões para a devida contratação. Apesar de a responsabilidade por um acidente envolvendo a estrutura de uma construção ser atribuída principalmente ao construtor ou empreiteiro, pode haver também a responsabilização do arquiteto e engenheiro da obra. Os responsáveis legais zelam pela solidez da estrutura e uma construção de qualidade por até cinco anos após a finalização da obra, conforme previsto no Código Civil.

 

E então, mais sugestões sobre as vantagens da contratação de um arquiteto que possam ser incluídas nesta lista? Compartilhe sua experiência no Mudei Meu Espaço!

 

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *