Como preparar em casa um cantinho verde com as próprias mãos?

Vasos, canteiros e diferentes ideias de paisagismo no melhor estilo “faça você mesmo”.

As plantas e flores são alguns dos destaques nos projetos para a decoração de interiores e com cada vez mais importância. Isso porque as ideias sustentáveis são imprescindíveis, inclusive dentro de nossas residências. Pequenas atitudes começam a fazer a diferença, desde um pequeno vaso para garantir um ambiente mais natural e agradável à casa ou apartamento, até os projetos mais ousados de paisagismo.

decoração-mudei-meu-espaço-1

Imagem: Dicas de Decoração


Entre as várias opções para mudar o ambiente, muitas delas podem ser criadas pelos próprios moradores, em casa mesmo. Que tal reaproveitar embalagens, latas, garrafas de vidro ou plástico para preparar vasos bem originais? O primeiro passo é escolher o local em que serão dispostos os vasos, principalmente de acordo com as características das plantas, se devem receber mais ou menos intensidade luminosa, por exemplo. Também é importante ter atenção com o furinho no fundo do vaso, essencial para a drenagem.

plantas-mudei-meu-espaço

Imagem: Paisagismo Online


É possível juntar os vasinhos criados em painéis de madeira e outros materiais que podem ser reaproveitados na confecção de jardins verticais, inclusive para utilização quando os espaços disponíveis são pequenos, como em apartamentos, otimizando-os.

E ainda pensando nos espaços menores, que tal montar um terrário? É bem fácil de fazer, e permite um efeito agradável a diferentes ambientes, como sala, quarto e áreas de convivência. Será necessário um pote de vidro, de preferência com abertura lateral, e dentro podem ser inseridos os musgos, pequenas pedras, cascas de madeira, suculentas, líquens e terra com areia.

Os materiais são distribuídos em diferentes camadas dentro do pote, com o auxílio de colher e pinça é possível enterrar com mais facilidade a raiz das plantas escolhidas. A escolha dos elementos do terrário e a forma de distribuir cada elemento variam conforme a criatividade, mas a recomendação é que haja um espaço entre os elementos e a estrutura de vidro, para que a planta “respire”. Com um pequeno pedaço de corda é possível, inclusive, pendurar a estrutura, formando um verdadeiro jardim suspenso.

terrário-mudei-meu-espaço

Imagem: Fernando Zequinão / Gazeta do Povo


E os exemplos não param por aí. As hortas e pequenos pomares orgânicos se tornaram opções sustentáveis e saudáveis – neste último caso, quando há a possibilidade de aquelas hortaliças, frutas ou temperos produzidos serem consumidos também. E o reaproveitamento de materiais e espaços para este fim também não exige grandes esforços, e o resultado é positivo.

plantas-em-casa-mudei-meu-espaço

Imagem: Baú das Ideias


Novamente é imprescindível a escolha do local em que a horta ficará, com boa luminosidade e ventilação. Seja em vasos, jardineiras ou móveis antigos, o espaço criado deve assegurar a vazão da água e um crescimento saudável das plantas. Usar adubo orgânico, sem química, e escolher opções viáveis para plantar, como mudas e temperos, são algumas sugestões para este espaço da casa.

horta-mudei-meu-espaço

Imagem: Lar Natural


E para cuidados ainda maiores, há possibilidades de criação de pequenas estufas com garrafas pet para estímulo ao crescimento das plantas, assim como a utilização de filtros de café no fundo dos vasos (que tapam os buracos, mas permitem a passagem da água, sem o acúmulo no interior do recipiente), e até mesmo pequenas plantinhas instaladas em rolhas de garrafas de vinho, fabricadas a partir de cascas de árvores, como o sobreiro, e que não deixam o espaço mais bonito, original e com um suporte bem natural.

planta-na-rolha-mudei-meu-espaço

Imagem: Por Acaso


E então, mãos à obra para a criação deste espaço com muita criatividade em casa? Os resultados vão surpreender!

 

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *